Despedida….

Música do momento (00:20)

  • Agridoce – Pato Fu

________________________________________

Por mais que se evite
Uma despedida é sempre triste.
Não se quer dizer adeus,
Nem por alguns instantes,
Imagina o sofrimento,
Com um adeus constante.

A despedida
Maltrata,
Dilacera.
A alma rompe,
O ser corrompe.

Por mais que se desvie
Um adeus é sempre intolerante.

A despedida
É lástima,
É lágrima,
Drama,
Sofreguidão.
Age direto no ser,
No coração,
Deixando marcas exeqüíveis.

O adeus é o desenlace
De sentimentos,
De presenças.
O adeus é distância que se apresenta,
É a partida desesperada,
É o esquecimento…
Ou a lembrança vaga.

A despedida,
Por mais que se evite,
É sempre triste.
Seres que se separam,
E assim, sofrem,
São vivências que se dissipam.

A despedida
É a tão evitada renúncia,
A tudo o que se pensava ter,
A tudo que se pensava viver.
Uma palavra balbuciada…
ADEUS.

Separação,
Desilusão,
Sonhos desfeitos.
É despedida,
Forjada em mágoas,
Em lamentos,
Em melancolia.

Uma palavra dita,
Sua força… Nossa fraqueza…

O adeus, a despedida!

____________________________________________

Muita coisa ao mesmo tempo para uma mente só…

Annunci
Questa voce è stata pubblicata in Pessoal. Contrassegna il permalink.

Una risposta a Despedida….

  1. Walbher ha detto:

    Que triste… mas sim, a despedida é sempre crítica. Não há como evitar

Rispondi

Inserisci i tuoi dati qui sotto o clicca su un'icona per effettuare l'accesso:

Logo WordPress.com

Stai commentando usando il tuo account WordPress.com. Chiudi sessione / Modifica )

Foto Twitter

Stai commentando usando il tuo account Twitter. Chiudi sessione / Modifica )

Foto di Facebook

Stai commentando usando il tuo account Facebook. Chiudi sessione / Modifica )

Google+ photo

Stai commentando usando il tuo account Google+. Chiudi sessione / Modifica )

Connessione a %s...